Reflexões do meu dia a dia, dos assuntos cotidianos, das polêmicas, das vivências... Aquelas idéias que talvez alguém queira compartilhar e opinar. Afinal aprendizado e conhecimento vem de discussões e troca de experiências!

quinta-feira, 16 de julho de 2015

10. Intolerância Religiosa: Algumas coisas que não se percebe.

O que eu mais vejo de notícia hoje em dia é o fato que a bancada evangélica tá querendo se colocar acima de tudo e todos, e tirar do Brasil o status de ESTADO LAICO. Eu como cristã, independente de que vertente acho que isso é o maior desrespeito que existe para com as outras pessoas. Deus nos deu LIVRE ARBÍTRIO pra seguir a vida a nossa escolha. Tirar esse livre arbítrio além de ferir a Ele, fere a liberdade do ser humano dentro da sociedade. 

Se coloque na seguinte situação. Você vai para um país do oriente médio onde todos são Muçulmanos. Infelizmente você, no caso mulher, é violentada por uma pessoa estranha na sua visita. Pela lei do país você tem por obrigação se casar com seu estuprador ou ser executada.

Nossa que absurdo! Eu sou cristã, isso é um crime, não é a minha religião, não vou me casar com o meu agressor! Só que essa é a lei do Estado lá, então ou você faz ou você morre. Não tem opção. Não tem escolha. Essa é a situação que estão querendo colocar o Brasil. 

Mesmo que o cristianismo seja lindo em muitas partes, os seus pregadores infelizmente só valorizam o que lhes são de interesse. A parte de doar aos pobres, se desfazer dos bens materiais nunca foi lembrada. A de amar e respeitar ao próximo também não. Fora que o Brazil é um país de diversidade religiosa. Mais de 60% da nossa população é negra, além dos indígenas, outras vertentes do cristianismo que não o Evangélico. Fora judeus, budistas, muçulmanos, ateus... Acho absurdo querer institucionalizar uma religião com tanta gente de origens e credos diferentes. É puro preconceito. Simples e escrachado. 

Lembro de ter crescido em uma escola católica, onde sempre tinham eventos religiosos. Alguns alunos tinham o direito de não participar já que não eram daquela religião. Respeito, compreensão, compaixão. Acredito que essas devem ser as regras que regem as nossa leis e os nosso ensino. Fora que quando se trata de educação, a briga FÉ X CIÊNCIA seria épica. Seria um retrocesso. 

Não me entendam mal, mas quando a Bíblia foi escrita, foi em tempos totalmente diferentes. A terra era o centro do universo e o sol é que girava em torno dela. Foi em outro continente, outra situação, outra sociedade. Devemos sim valorizar cada lição dada nas Escrituras, mas temos que entender que vivemos em uma era totalmente diferente. A medicina era precária, e ainda se acreditava em magia. Hoje sabemos que muito dos feiticeiros da época, não eram mais do que gente com algum conhecimento científico e usava a química para assustar e manipular o povo. 

Eu sigo a palavra de Cristo. Que não tem nada sobre homossexualismo, guerra santa, obrigar as pessoas a serem cristãs. Que eu saiba era sobre espalhar o amor, perdoar, fazer o bem e não julgar o outro já que esse é o papel de Deus. Afinal ele não tirou Maria Madalena de sua execução?! Não nos fez lembrar que todos nós já praticamos o pecado?

Então pense nisso antes de querer impor a sua realidade. Todas as religiões tem suas belezas para aqueles que a seguem, e nem por isso é o que achamos certo. Devemos preocupar com o respeito, a dignidade, o amor ao próximo mesmo com seus defeitos e pecados. Não cabe a nós o julgamento. Não cabe a nós decidir. Devemos sempre oferecer a outra face, e não ser aquele que oferece o tapa. 

Que a justiça seja Laica, igual pra todos independente do credo. Já você e sua família, tenham a liberdade de acreditar, viver seus princípios, desde que eles não afetem diretamente a vida do outro. A religião é sua, e não do próximo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário